Curso - Caracterização tecnológica de matérias primas minerais

06/08/2019 12:05

CARACTERIZAÇÃO TECNOLÓGICA DE MATÉRIAS-PRIMAS MINERAIS

Instrutores: Profa. Dra. CARINA ULSEN (USP) e Prof. Dr. HENRIQUE KAHN (USP)

Data: 26 a 29 de novembro de 2019

Local: Departamento de Eng. de Minas e de Petróleo, POLI - USP - São Paulo/SP

Carga horária: 32 horas

Número de vagas: 30

 

APRESENTAÇÃO

O curso visa propiciar conhecimentos em procedimentos e técnicas de caracterização de matérias primas minerais, de produtos de beneficiamento e rejeitos, em seus aspectos conceituais e aplicação prática. A caracterização tecnológica compreende o estudo de propriedades físicas, químicas e físico-químicas destes materiais. As informações geradas em um estudo de caracterização possibilitam sugerir alternativas para o beneficiamento ou para a otimização de um processo já existente, bem como obter estimativas de recuperação ou avaliação da qualidade dos produtos finais gerados nesse processo. A caracterização tem aplicação em todas as atividades de um projeto mineiro, desde a pesquisa mineral à disposição e reaproveitamento dos rejeitos gerados.

 

PÚBLICO ALVO PREFERENCIAL

Engenheiros de Minas e Geólogos de empresas privadas ou de instituições públicas que atuam na área de Exploração Mineral e Mineração (planejamento de lavra e beneficiamento mineral), alunos de pós-graduação (mestrado e doutorado) e de graduação em fase de conclusão de curso.

 

OBJETIVOS DO CURSO

O conteúdo do curso deve fornecer embasamento aos profissionais participantes para:

  • Proporcionar uma ampla visão sobre a caracterização tecnológica de minérios, matérias primas minerais, rejeitos e de suas várias áreas de aplicação;
  • Introduzir os conceitos que orientam a escolha de materiais e métodos para estudos de caracterização;
  • Conceituar questões relativas à amostragem em laboratório, envolvendo representatividade da amostra e procedimentos de preparação;
  • Introduzir e discutir as principais técnicas analíticas utilizadas em estudos de caracterização, aplicações e limitações;
  • Discutir critérios de interpretação de resultados de caracterização (composição mineralógica, características de associação e de liberação dos minerais de interesse, composição química das fases de interesse e partição do elemento útil nos portadores), assim como, discutir a sua aplicação para fins da exploração mineral, beneficiamento e apoio ao planejamento de lavra;

 

MÉTODO

Aulas expositivas e discussões em grupo com estudos de casos que totalizam 32 horas. O material didático, em formato digital, será entregue aos inscritos no curso no primeiro dia de aula.

 

CONTEÚDO DO CURSO

  • Conceituação de caracterização tecnológica;
  • Aplicações e relevância no setor mineral;
  • Revisão de conceitos de mineralogia;
  • Amostragem e preparação de amostras;
  • Técnicas de caracterização de partículas (distribuição granulométrica, densidade, porosidade, etc.);
  • Separações minerais em laboratório (densitárias, magnéticas, eletrostáticas, etc.);
  • Técnicas de análises químicas;
  • Técnicas instrumentais de análises mineralógicas;
  • Estereologia e análises de imagens;
  • Técnicas de microscopia 2D/3D e sistema de microanálises (MEV, EDS/MLA e Microtomografia);
  • Estudos de caso;
  • Análise dos processos de separação mineral (curvas de separabilidade e desempenho, índice de eficiência e balanço de massas e metalúrgico);
  • Estudos de caso.

 

PERFIS DOS INSTRUTORES

Carina Ulsen é docente do Departamento de Engenharia de Minas e de Petróleo da Escola Politécnica da USP e atual coordenadora do Laboratório de Caracterização Tecnológica da USP. Com formação em Engenharia Mineral e pesquisadora do LCT-USP há mais de 15 anos. Atuação em diversos projetos de caracterização tecnológica junto a empresas do setor mineral, e projetos de P&D em caracterização de recursos geológicos e materiais. Informações complementares no currículo lattes: http://lattes.cnpq.br/6938887227461878

 

Henrique Kahn é docente aposentado do Departamento de Engenharia de Minas e de Petróleo da Escola Politécnica da USP, fundador do Laboratório de Caracterização Tecnológica da USP. Geólogo de formação com doutorado em Engenharia Mineral e mais de 30 anos de experiência em caracterização tecnológica de matérias-primas minerais e materiais, com experiência em projetos junto as empresas do setor mineral, com atuação em mineralogia aplicada de minerais metálicos e minerais industriais, técnicas analíticas e processamento mineral. Informações complementares no currículo lattes: http://lattes.cnpq.br/2423419820972748

 

Também farão parte da equipe de instrutores do curso, pesquisadores, especialistas do LCT em técnicas caracterização tecnológica

 

LOCAL

O curso será realizado em São Paulo/SP em local a ser definido nas próximas semanas e contará com visita técnica aos laboratórios.

 

INSCRIÇÕES

Esse curso tem o limite de 30 vagas. A inscrição no curso deve ser realizada diretamente no site da ADIMB: https://adimb.org.br/cursos2019/